Guru Hub
Feriado de Tiradentes 21/04 vai abrir? Vai funcionar o pregão?

⚡️🎅 CriptoFast no ar! #6

Newsletter semanal sobre as principais notícias do universo cripto e análise sobre movimentações do mercado

À medida que dezembro se inicia, o mercado de criptomoedas nos oferece motivos para otimismo. Nesta edição da CriptoFast, trazemos a você um panorama do mês de novembro do Bitcoin (excelente, por sinal), refletindo não apenas a resiliência do mercado, mas também o crescente interesse de investidores como você no ativo.

  • Ainda nessa seção:
  • Visão geral da semana;
  • O que há de novo;
  • Números não mentem;
  • Pílula do Conhecimento.

Também abordaremos uma novidade regulatória relevante: a nova tributação sobre criptoativos fora do Brasil, uma mudança que pode afetar a estratégia de investidores brasileiros e a dinâmica do mercado global.

👀  Implicações da nova tributação de criptoativos

Na esfera legislativa, o Senado Brasileiro aprovou uma nova política tributária que reverbera pelo mercado de criptomoedas. Com a sanção presidencial iminente, o projeto de lei (PL 4.173/2023) introduz um imposto de até 15% sobre criptoativos mantidos em exchanges internacionais.

Esse novo imposto, que deverá entrar em vigor já a partir de janeiro de 2024, representa um avanço significativo na regulamentação fiscal do Brasil sobre ativos digitais e reflete a crescente importância econômica desses ativos. Para os investidores brasileiros com criptomoedas avaliadas acima de R$6k no exterior, haverá a necessidade de ajustar suas estratégias de investimento e declaração de impostos.

A medida faz parte de um conjunto mais amplo de reformas fiscais que incluem mudanças em fundos exclusivos e investimentos offshore, visando aumentar a transparência e a arrecadação tributária do país.

Este cenário tributário emergente surge em um momento onde o Bitcoin vem ganhando força, alcançando máximas do ano e demonstrando a resiliência do mercado – mesmo diante de incertezas regulatórias. A combinação destes desenvolvimentos com a perspectiva da aprovação de ETFs de criptos antecipa um cenário onde o mercado das moedas digitais pode se fortalecer ainda mais, se beneficiando de maior clareza e estrutura regulamentar.

💡 O que há de novo?

🚀 Drex, a Moeda Digital do Banco Central, avança no mercado com mais de 700 transações realizadas, ultrapassando 300 carteiras digitais ativas. Estes números destacam o crescente interesse e a adoção da tecnologia blockchain no sistema financeiro nacional.

🏙️ Os deputados deram luz verde a um projeto de lei que permite a todas as cidades brasileiras emitir suas próprias criptomoedas, desde que haja autorização do Banco Central. Esse passo pioneiro abre caminho para uma nova era de digitalização e descentralização financeira nas esferas municipais.

🚀 Bitcoin tem o melhor novembro desde 2020. Em novembro de 2021 e 2022, a maior moeda digital caiu 7,1% e 16,2%, respectivamente.

📊 Números não mentem

Com chave de ouro, Bitcoin fecha novembro acumulando 12% de alta, destacando-se frente ao Ethereum que registrou um crescimento de 2% no mesmo período. 

Na última semana, o Bitcoin não só manteve a tendência ascendente com uma valorização de 2,62%, mas também marcou a quarta semana consecutiva de ganhos, levando sua alta anual para 116,59%. O Ethereum teve uma performance discreta na semana, com um aumento de 0,28%, totalizando uma valorização de 62,03% para o ano.

Estes indicadores seguem marcando o Bitcoin como um ativo de destaque, que continua a atrair a confiança dos investidores e a solidificar sua posição no mercado de criptoativos.

💚 Pílula do Conhecimento: Entendendo o halving do Bitcoin

Na nossa última conversa, mergulhamos no mundo da mineração de Bitcoin e como ela adiciona novos blocos à cadeia. Hoje, vamos explorar um evento que é parte vital dessa jornada: o halving do Bitcoin.

O halving é como um grande relógio do ecossistema Bitcoin, soando a cada quatro anos para ajustar a recompensa por bloco minerado. Atualmente, essa recompensa é de 6,25 BTC, mas com o próximo halving, previsto para 2024, essa quantidade cairá para 3,125 BTC. Esse mecanismo é projetado para controlar a inflação e gerenciar a oferta de novos Bitcoins, criando certa “escassez planejada”, que pode influenciar em seu valor.

O que isso significa para os mineradores e para o mercado?
Cada halving reduz a recompensa por minerar novos blocos, e é por isso que o halving pode levar a uma potencial valorização do Bitcoin, já que a oferta de novos Bitcoins desacelera.

E o futuro? Bem, há um limite de 21 milhões de Bitcoins que podem ser criados, um número que se espera atingir por volta de 2140. Após o último Bitcoin ser minerado, os mineradores serão recompensados apenas com as taxas de transação. O halving, portanto, não é só um mecanismo econômico; é um símbolo da resiliência e do design cuidadoso do Bitcoin, garantindo sua estabilidade e segurança a longo prazo.

À medida que nos aproximamos do próximo halving – em contagem regressiva de 132 dias, em abril de 2024 – toda a comunidade cripto observa com expectativa, antecipando como esse evento influenciará o mercado.

Chegamos ao fim desta edição, esperamos que o mundo cripto esteja 1% menos complicado pra você.

Quer compartilhar com um amigo ou indicar nosso conteúdo para mais pessoas? Abrindo sua conta no app Guru você recebe semanalmente as notícias da semana, sem perder tempo, na sua mão.

Todos os ativos citados nesta publicação estão disponíveis no seu Guru App. Por meio desta comunicação, queremos facilitar seu acesso às informações da semana, deixando seu tempo livre para que você faça escolhas assertivas e aproveite da melhor forma.

Obrigado e até a próxima!
Equipe Guru

IMPORTANTE: A Guru Investimentos e suas afiliadas não prestam serviços na área de análise ou recomendação de investimentos, portanto, não estão sujeitas às normas da CVM e demais regulamentações relacionadas a essas atividades. Nada nesta comunicação deve ser interpretado como uma recomendação de investimento. Os investimentos ofertados no Guru App são investimentos de risco. O investimento em criptoativos é de alto risco.
A rentabilidade passada não é garantia de rentabilidade futura.

🏆➜ Avalie nosso conteúdo:

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar!

Guru

Um Guru no mercado financeiro é aquele que sempre quer aprender a investir melhor...

Carteira Inteligente de Investimentos
Carteira Inteligente de Investimentos