Guru Hub
Como os casais devem administrar as finanças?

Como os casais devem administrar as finanças?

Casal que poupa unido, realizam mais sonhos! Veja nesse post como um casal deve administrar as finanças e reinvestirem suas economias.

Casais que administram suas finanças em conjunto tendem a ter uma vida mais organizada e a possibilidade de realizarem mais sonhos se torna maior: a casa própria, um carro novo, uma viagem ao exterior, a criação dos filhos e mesmo a  formação da família demandam custos que, num primeiro momento, assusta a maioria das pessoas.

Economizar não faz parte da cultura brasileira. Muitos casais procuram não ter influência sobre os ganhos um do outro, embora seja um direito e um dever de ambos compartilharem seus ganhos e despesas, muitos pares não compartilham das despesas e ganhos, sobrecarregando um ao outro.

A estrutura familiar brasileira mudou: se antes havia apenas um chefe de família – geralmente representado pela figura masculina – responsável por todas as entradas financeiras, custos, gastos e investimentos, hoje em dia os papéis se dividem com a força de trabalho feminina em ascensão – muito embora ainda ganhem menos do que os homens.

Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) os lares administrados por mulheres saltou de 14,1 milhões, em 2001, para 28,9 milhões, em 2015. Esses números representam um avanço de 105%. Tal fato surpreenderia se não fosse pelo fato das mulheres ganharem 75% do que os homens ganham desempenhando as mesmas funções.

Por outro lado, muitos homens se sentem pressionados a manterem o controle das finanças do casal e acabam se sobrecarregando de dívidas e parcelamentos em nome de honrarem seus compromissos, muitas vezes escondendo da família que está em dificuldades de sustentar determinados modos de vida.

Para que essas pequenas diferenças não atrapalhem na hora de poupar e investir suas economias, alguns passos importantes devem ser dados.

Transparência sempre

Os casais devem ser bastante transparentes um com outro sobre o quanto entra de dinheiro de cada parte. Isso ainda se torna mais importante quando os casais têm um projeto de vida juntos e os dois devem estar em sintonia para poder alcançar cada meta.

Por isso, é imprescindível que os dois saibam dividir as responsabilidades, compreendendo  e apoiando os projetos um do outro. Porém, o casal não deve se esquecer de seus compromissos, evitando deixar dívidas e impostos atrasados, incorrendo em juros, para o outro pagar.

Na dúvida ou na falta de dinheiro para pagar as contas, comunique ao parceiro imediatamente e peça uma sugestão de como poderá resolver a situação.

Tudo começa com o planejamento

Ter um planejamento é a melhor forma para qualquer pessoa ter uma orientação segura de como administrar suas finanças – as entradas e saídas de dinheiro. Tanto faz se for através de um aplicativo ou mesmo se anotado em cadernos.

A ideia é ter em mente o controle de entradas de dinheiro – como o salário e ganhos extras – e as saídas de dinheiro como compras, pagamentos de contas, impostos e juros.

Especialistas consideram que, em primeiro lugar, você deve reservar cerca de 20% da soma do dinheiro de ambos para poupança e demais investimentos financeiros.

O restante que sobrar deverá ser destinado para o pagamento das despesas regulares, que deverão ser pagas primeiro.

Corte os cartões de crédito

Você sempre achará que está precisando de alguma coisa à mais que não precisa. E o cartão de crédito está lá para dar asas aos seus sonhos de consumo. Mas até quando esses sonhos de consumo são realmente necessários? Uma blusinha nova será realmente mais importante do que juntar mais R$50,00 no orçamento geral da casa? Aquela saída com os amigos no happy hour da empresa pode ser reduzido para duas vezes no mês em nome de chegar logo ao objetivo do seu investimento inicial.

Leia também ✔️  Carteira de Investimentos da Guru

Enfim…  Quando você elimina o problema, você passa a não ter mais a ilusão de ter um dinheiro que não é seu. E assim acontece com o cartão de crédito.

Se você e seu par tiverem quatro cartões de crédito , considerem a possibilidade de reduzir esse número a metade. Deixe um para as despesas cotidianas, especialmente para quem está trabalhando fora de casa e o outro guardado para as despesas inesperadas.

Afinal de contas, o cartão de crédito pode não ser tão ruim quanto parece.

Não se esqueçam do futuro hoje

Pensar as economias em conjunto é o primeiro passo para alcançar um objetivo a longo prazo. Dessa forma, considere que se um projeto para ser alcançado em cinco anos deverá ter concentrado o esforço de ambos, num projeto mais demorado, esse esforço deverá compreender disciplina com os gastos e reinvestimento dos lucros para sua consecução.

Entretanto, não deixe de viver o futuro hoje. Reserve uma parte do capital para o lazer, que poderá ser através do pagamento de um pacote de viagens, um almoço num lugar elegante uma vez por mês, um fim de semana na praia ou no campo. Economizar é muito importante, mas viver momentos felizes a dois é melhor ainda (e fortalece o relacionamento)

Investimentos

Chegada a hora de investir, muitos casais ficam na dúvida sobre qual o melhor investimento, depois de certo tempo economizando. Falar de dinheiro é sempre algo muito delicado e os casais deverão ter cuidado ao se relacionarem nesse terreno. Para isso, o par deverá conversar atentamente sobre as inúmeras possibilidades de investimentos a curto e a longo prazo, sem perder de vista o objetivo inicial que os fizeram economizar.

Os fundos de investimentos consistem num empreendimento sério e bastante procurado por casais e pessoas que visam investir suas economias na bolsa de valores, porém não tem muita experiência na área.

Os investimentos devem ser feitos através de uma corretora de valores  e gerenciados por um gestor de investimentos especializado que operará na bolsa de valores, seguindo as regras do pregão e ao final de determinado período passará os relatórios de ganhos, quando vocês deverão decidir se devem continuar investindo em determinado fundo de investimento ou mudar de estratégia.

O primeiro passo é entender qual o seu perfil de investidor, quais seus objetivos, o momento e as condições do mercado. O perfil do investidor serve para orientar as escolhas de produtos compatíveis com seus objetivos, de acordo com a sua tolerância ao risco e as suas expectativas de investimento.

Vale lembrar que apenas um dos cônjuges deverá ser o titular da conta de investimento. Os investimentos no mercado financeiro devem ser pessoais, mas sempre pensados em conjunto, afinal, a confiança é fundamental.

Como vimos, economizar é extremamente necessário, mas não é uma das atividades mais prazerosas da vida. Se economizar não é uma tarefa fácil, ter os conhecimentos necessários para investir com segurança pode ser mais fácil do que você imagina.

Baixe o app Guru e acompanhe seus investimentos em tempo real

Uma dica extra para administrar seus investimentos, seja pessoal ou do casal, é o app Guru, que traz a Bolsa de Valores diretamente para o seu celular: assim é possível acompanhar todos os seus ativos em tempo real. Guru é simples, intuitivo e de graça!

Guru. Nunca foi tão fácil investir na bolsa de valores!

🏆➜ Avalie nosso conteúdo:

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar!

Guru

Um Guru no mercado financeiro é aquele que sempre quer aprender a investir melhor...

Guru APP