Guru Hub
Comprar casa própria ou alugar: Como decidir?

Comprar casa própria ou alugar: Como decidir?

A questão da moradia é algo muito importante para definir, mas você já parou para pensar se esse é o investimento certo para você?

Imóvel – Comprar ou alugar? eis a questão. Ao deixarmos a casa de nossa família pensamos em como morar sozinhos e ter nossa independência – uma forma inteiramente única de viver, fora dos padrões estipulados pela família.

A compra da casa própria é indicada para quem deseja aumentar seu patrimônio, a fim de deixar bens para os herdeiros. Porém, o aluguel é mais indicado para quem está construindo sua carreira e ainda não tem planos de se estabelecer em um único lugar.

Comprar ou alugar um imóvel? Não é uma questão fácil de ser respondida, mas nesse post daremos alguns motivos para você fazer a escolha certa para o seu momento atual e se preparar para esse momento importante de sua vida: ter seu espaço.

O que você deve analisar antes de comprar ou alugar um imóvel?

Uma série de premissas devem ser levadas em consideração antes de tomar tamanha decisão:

  • Qual o seu momento de vida? O que você pretende fazer nos próximos anos e onde você quer estar? São perguntas essenciais para você pensar antes de comprar ou alugar um imóvel.
  • Devo continuar mais um tempo vivendo com minha família, investindo minhas economias para dar de entrada em um imóvel próprio ou devo me organizar para pagar o aluguel e me esforçando para reunir os recursos necessários para assumir um financiamento de um imóvel próprio, num momento oportuno?
  • Por quanto tempo quero estar naquele bairro, naquela cidade? Um dos fatores que você deverá observar é o tempo de permanência.
  • Por quanto tempo vou morar nesse imóvel? Essa é uma pergunta bastante pertinente, uma vez que investir seu dinheiro na aquisição de uma casa própria limita sua mobilidade.

Quando você usa parte do orçamento para pagar um financiamento imobiliário, além de arcar as parcelas e taxas de juros próprias desse empréstimo, você terá maiores dificuldades caso precise se mudar para outra cidade ou país, por exemplo.

Já com o aluguel você não terá mais essa restrição: surgindo uma oportunidade em outro lugar, você só precisará sair do imóvel antes do fim do período de locação, pagar a multa prevista no contrato de aluguel e iniciar a jornada em outro lugar.

Por que comprar um imóvel?

Esse é o sonho de nove entre dez brasileiros! Comprar um imóvel pode parecer complicado a princípio, porém é uma maneira econômica de viver e ao mesmo tempo um investimento sólido.  

Muitas pessoas optam por comprar um imóvel apenas quando está formando sua própria família e quer deixar um bem imóvel para seus herdeiros. Outros optam pela aquisição de um imóvel para não ter que perder dinheiro com o aluguel. E ambos os motivos estão certos.

O que levar em consideração ao comprar um imóvel?

A maior vantagem é de quem pode comprar o imóvel à vista e fica com um recurso que pode ser vendido, em caso de necessidade.

Ao escolher fazer um financiamento, você passará anos pagando as parcelas, acompanhadas de taxa de juros. Outro fator que você deve ter em mente é que mesmo depois de terminar de pagar o imóvel, nem sempre é fácil vendê-lo (a menos que você tenha se decidido em adquirir o imóvel para moradia fixa e não tenha planos de se mudar).

Leia também ✔️  Cartão de credito e milhas: como aproveitar ao máximo

As pessoas que optarem pelo financiamento devem ter em mente que quanto maior a entrada, melhores são as condições e as taxas de juros oferecidas. Por essa razão, é importante que o comprador junte o máximo de dinheiro possível para dar de entrada no financiamento.

O comprador também poderá utilizar os recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para ajudar a compor esse valor.

Quem compra um imóvel parcelado deve, sempre que possível, antecipar parcelas do financiamento, ajudando assim na amortização de juros e diminuindo o prazo total do pagamento.

Adquirir um imóvel próprio é a opção ideal para quem deseja personalizar o imóvel dentro de suas preferências e gostos. Em última análise, também é possível alugar o imóvel, tornando-o uma fonte de fonte de renda mensal ou sazonal que possibilite viver em outros lugares, viajar, etc.

Por que alugar um imóvel?

Há quem enxergue o pagamento do aluguel como uma opção sempre prejudicial: você paga para morar em um imóvel que não é seu. Um dinheiro perdido, uma renda que poderia ser utilizada para outros investimentos. Porém, generalizar é perigoso e você pode ter muita vantagem em morar de aluguel.

O aluguel é indicado para pessoas que têm perfil investidor, assim, continuar pagando aluguel e investir parte do dinheiro pode ser um negócio bem mais vantajoso.  Pessoas que estão em início de carreira, com maiores perspectivas de viagens e deslocamentos, que estão prestando concursos e fazendo processos seletivos em outras cidades não devem pensar em adquirir um imóvel próprio tão cedo.

Mas o que levar em consideração ao optar pelo aluguel?

Você deve analisar qual o seu perfil para os próximos anos: se você pretende viver em outra cidade, fazer um concurso público que tenha a mudança de cidade um requisito essencial, mudar de ares como viver numa cidade de interior ou numa cidade grande, são algumas indagações que você precisa fazer antes de dar esse passo.

Ao optar pelo aluguel, o importante é escolher um imóvel cujo valor mensal esteja dentro das suas possibilidades financeiras.  Esse valor não deve ser maior que 30% de seus rendimentos totais.

A moradia ocupa posição de destaque entre as principais despesas de um orçamento mensal, por isso, a contratação de um aluguel deve ser pensada em sua totalidade: condomínio, taxas, impostos básicos, entre outras atribuições que cabem ao inquilino, enquanto ocupar um imóvel, sob risco de cobranças judiciais.

Na compra ou no aluguel de imóveis a ordem é pensar os recursos disponíveis para não ter mais perdas do que ganhos. Um imóvel deve ser o ponto de partida para pensar os investimentos de médio e longo prazo que se deseja fazer, sem abrir mão de ter seu próprio espaço.

Aplicativo que reúne suas aplicações num lugar só

O app de bolsa de valores da Guru traz a Bolsa de Valores direto para o seu celular: assim é possível acompanhar todos os seus investimentos em tempo real, facilitando muito o dia a dia do investidor.

Além das facilidades citadas, você irá receber conteúdos diversos sobre o mercado financeiro, com o intuito de transformá-lo num Guru investidor.

Guru. Nunca foi tão fácil investir na bolsa de valores!

🏆➜ Avalie nosso conteúdo:

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 3

Seja o primeiro a avaliar!

Guru

Um Guru no mercado financeiro é aquele que sempre quer aprender a investir melhor...

Guru APP