Guru Hub
Glossário do Investidor - Termos de Investimento

Arbitragem Financeira

A arbitragem financeira refere-se a uma operação de compra e venda de um ativo financeiro, e seu objetivo é obter lucratividade sobre a diferença dos valores em mercados diferentes.

A arbitragem acontece quando um investidor realiza uma operação de compra de um ativo em um mercado que está barato e o vende em um mercado que está mais caro. Dessa forma, os valores inclinam-se ao equilíbrio entre os dois mercados.

A arbitragem acontece porque o método de formação de valores não é eficaz em todos os mercados. Sendo assim, sempre haverá motivos que não podem ser antecipados e que de alguma forma terão influência nos valores.

Na arbitragem é muito comum a utilização dos robôs pelos day traders para ajustar os valores e planejar as operações interessantes com agilidade e com uma redução de riscos.

Quais os tipos de arbitragem?

A arbitragem possui alguns tipos, vamos conhecê-los:

Arbitragem Cambial

A arbitragem cambial acontece quando são realizadas negociações de moedas em mercados diferentes com o objetivo de obter lucratividade com diferença de valores nestes dois mercados.

Arbitragem de Futuros

Também é possível obter lucratividade na arbitragem do mercado futuro. É através de uma análise precisa e com base em contratos futuros que o trader procura por operações com lucratividade de compra e venda de ativos. E o objetivo é lucrar com as variações dos valores de mercado realizados atualmente e sua perspectiva futura.

Arbitragem de Ações

A competência das ações preferenciais (PN) e ações ordinárias (ON) sobre a mesma empresa proporciona algumas vezes uma distinção entre os valores dos dois tipos. Quando um trader identifica estas alterações, ele poderá realizar operações em arbitragem e conseguir lucros consideráveis.

Arbitragem do Mercado Fracionário

O mercado fracionário é mais caro em comparação a ação com lote cheio, por possuir mais liquidez. Então é provável realizar compras ou vendas das ações no fracionário até obter 100 ações e vendê-las ou comprá-las em lote cheio. Dependendo de cada circunstância pode ocorrer alterações dos valores, o que possibilita a arbitragem, mas nem sempre é uma regra.

Arbitragem de ADRs

Neste tipo de arbitragem é possível realizar compras ou vendas de ativos em outros países onde a sede da empresa não está. Essa negociação é realizada através dos certificados de depósitos de valores mobiliários que são os ADR e BDR, que são ativos negociados na Bolsa de Valores de outros países.

A arbitragem acontece quando um investidor percebe uma alteração de valores entre ativos negociáveis de outro país com o valor das ações de negociação no Brasil, assim, realizando uma operação para concluir uma compra ou venda com lucratividade, que seja de preferência no day trade.

Quais são os riscos da arbitragem?

Quando falamos de investimentos sempre estamos expostos a algum tipo de risco que pode influenciá-los de forma negativa. Também pode ocorrer oscilações de valores do ativo em um curto prazo que podem ser interessantes para arbitragem, mas podem oferecer alterações na liquidez.

Também podem ocorrer riscos de governo que são raros mas podem influenciar as ações ordinárias (ON) as tornando mais caras do que as ações preferenciais (PN), que podem impactar os dividendos. Para evitar estes riscos é importante utilizar a ferramenta do stop para equilibrar as perdas máximas de cada operação.

O risco operacional também pode ser um risco na arbitragem. Neste caso o investidor não consegue finalizar a sua operação. Sendo assim, é muito importante que o investidor seja ágil em suas operações para o sucesso da arbitragem. Mas, essa velocidade nem sempre é possível, sendo necessário utilizar um robô ou um sistema para que suas operações sejam automatizadas.

Agora em casos da arbitragem estatística os riscos podem ser mais altos. Como estamos falando de ativos associados podem acontecer algumas mudanças estruturais de mercado fazendo com que os ativos deixem de valer ou que não voltem mais aos seus valores anteriores e até mesmo que demore muito tempo para se estabelecerem novamente. Dessa maneira, o trader possivelmente terá que cobrir as suas posições com perdas.

Sendo assim, o investidor precisará ficar bem atento a estes acontecimentos para que possa evitar possíveis prejuízos.

Insights finais

Para aqueles investidores que desejam realizar suas negociações em arbitragem é necessário possuir conhecimento e experiência no mercado financeiro. Como as diferenças de valores entre os mercados podem não permanecer, a velocidade neste tipo de negociação é essencial, sendo assim, o investidor precisa ser experiente.

Por isso que alguns traders utilizam os robôs em suas negociações de arbitragem, para acompanhar a rapidez das variações dos valores dos mercados. Também é importante ficar atento sobre os custos dessas ferramentas, pois, os custos podem ser mais altos que os lucros.

Sendo assim, é necessário que o investidor iniciante estude muito para começar a realizar este tipo de negociação ou os riscos serão grandes. A arbitragem pode render grandes lucratividades em um curto prazo, mas, os seus riscos são enormes. Então, para o investidor iniciante uma boa opção é equilibrar a sua carteira de investimentos com a renda fixa e a renda variável.

🏆➜ Avalie nosso conteúdo:

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar!

Guru

Um Guru no mercado financeiro é aquele que sempre quer aprender a investir melhor...

Guru APP