Guru Hub
Glossário do Investidor - Termos de Investimento

Ativos Financeiros

Os Ativos Financeiros referem-se a uma expressão do mercado financeiro para indicar os produtos que são negociados na renda fixa e na renda variável. Os ativos financeiros são geradores de renda para o investidor.

Os ativos possibilitam o recebimento de dividendos, juros de empréstimos e aluguéis de imóveis. Recebendo valor de acordo com a oferta ou a demanda do mercado financeiro.

Quais os tipos de ativos financeiros?

Os ativos financeiros são divididos em renda fixa e em renda variável. Vamos conhecer os ativos mais comuns da renda fixa:

  • Títulos públicos;
  • CDB (Certificado de Depósito Bancário);
  • Fundos de renda fixa;
  • Letras de câmbio;
  • CRI (Certificados de Recebíveis Imobiliários);
  • CRA (Certificados de Recebíveis de Agronegócios);
  • Debêntures.

Já os ativos financeiros da renda fixa necessitam que o investidor possua um bom conhecimento do mercado financeiro. Vamos conhecê-los:

  • Ações;
  • Derivativos;
  • ETF (Exchange Traded Fund);
  • Fundos de ações;
  • ADR (American Depositary Receipts);
  • COE (Certificado de Operações Estruturadas);
  • Fundos multimercado;
  • Fundos imobiliários.

Para investir no mercado financeiro é necessário ter bem definido o perfil do investidor para que a escolha do ativo esteja de acordo com os objetivos de cada investidor. Mas, alguns investimentos precisam ser negociados com cautela para evitar possíveis riscos.

O que devemos levar em consideração na escolha de uma ativo financeiro?

Para a negociação de um ativo financeiro, precisamos analisar alguns pontos, como:

Estratégias Financeiras

Todo investidor precisa ter uma estratégia financeira, sendo essencial que ele estude muito bem onde irá aplicar o seu capital e também avalie se há algum custo envolvido. Uma estratégia bem definida ajuda na prevenção dos riscos de perdas financeiras.

Realize Pesquisas

As pesquisas são muito importantes para a escolha do investimento que se encaixa com suas estratégias e que respeita o seu perfil de investidor (Conservador, moderado ou agressivo). Também pesquise uma correta que possua boas opiniões e referências para não cair em fraudes.

Rentabilidade

O investidor precisa analisar se a rentabilidade do ativo escolhido irá suprir as suas estratégias e também se possui taxas que podem interferir nestas rentabilidades.

Liquidez

Geralmente os ativos com vencimento de longo prazo possibilita maiores rendimentos, mas, possuem uma baixa liquidez se o ativo for resgatado antes do vencimento. Neste caso, o investidor poderá sofrer perdas financeiras.

Diversificação

O investidor que possui uma carteira de investimentos diversificada está equilibrando os seus investimentos em casos de oscilações bruscas do mercado financeiro. E também poderá obter maiores possibilidades de ganhos com a diversificação.

Custos Financeiros

Quando utilizamos uma instituição financeira ou corretora para a negociação dos ativos financeiros, precisamos levar em consideração as taxas de administração, taxas de performance, Imposto de Renda e outros custos que podem surgir dependendo do ativo.

Proteção

Os investimentos de renda fixa possuem a proteção do FGC (Fundo Garantidor de Crédito), que reembolsa o investidor em casos de falência ou de calotes da instituição financeira ou corretora. O valor máximo a ser reembolsado é de R$ 250 mil por CPF.

Já os títulos federais não possuem a proteção do FGC, mas, geralmente são bem seguros por pertencerem ao Governo Federal.

Insights finais

Os ativos financeiros são grandes aliados para quem deseja uma boa oportunidade de obter bons lucros. Infelizmente aqui no Brasil a cultura de investimentos é bem pequena, mas, se todos entendessem a importância de adquirir investimentos que rendem um bom dinheiro, teriam esse hábito desde sempre.

Mas, para quem deseja investir é necessário estudo e dedicação para evitar possíveis perdas financeiras. O conhecimento é a chave para o sucesso nos investimentos.

Também é importante montar uma boa estratégia com base em seus objetivos financeiros. E acima de tudo ter os pés no chão e não negociar em ativos que não entende.

O mercado financeiro vive em constantes oscilações e o investidor precisa estar preparado para todas as situações que poderão surgir e impactar os seus investimentos. Então, entenda muito bem o mercado, os gráficos, as ferramentas, as empresas, os custos, as taxas etc. Só assim, terá sucesso no mundo dos investimentos.

🏆➜ Avalie nosso conteúdo:

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar!

Guru

Um Guru no mercado financeiro é aquele que sempre quer aprender a investir melhor...

Guru APP