Guru Hub
Glossário do Investidor - Termos de Investimento

Banco Central

O Banco Central do Brasil (BC), também conhecido como “Bacen”, foi criado em dezembro de 1964. O Banco Central (BC) é um serviço autônomo federal que possui vinculação com o Ministério da Economia.

O Banco Central não possui nenhuma subordinação a algum órgão público, sendo assim, pode realizar suas funções de forma autônoma e com total liberdade.

Ele é responsável pelo equilíbrio do poder de compra da moeda nacional e auxilia o sistema financeiro para que se conserve com solidez e estabilidade. Sendo assim, o Banco Central executa, controla e fiscaliza as políticas monetárias, de crédito e cambiais do nosso país e também controla e fiscaliza o funcionamento de bancos e corretoras no mercado.

Quais as funções do Banco Central?

É essencial entender as funções do Banco Central, pois essas funções causam impactos no bolso dos brasileiros. Vamos conhecer as principais funções do BC:

Controle da Inflação

O Banco Central tem como responsabilidade a estabilidade da inflação, e esse controle pode aumentar ou diminuir a circulação de moeda no país. Essa estabilidade deve estar aproximada da meta definida pelo CMN (Conselho Monetário Nacional).

Dessa maneira, o Banco Central pode subir a taxa Selic (Sistema Especial de Liquidação e Custódia), que é a taxa básica de juros, para que ocorra a retirada de dinheiro na economia e por consequência ocorre a redução da demanda por serviços e bens por empresas e pela população.

É a taxa Selic que determina o valor que o governo irá pagar de juros para os investidores de títulos públicos e também determinará a base de juros arrecadada dos bancos e corretoras no país.

Emissão da Moeda Nacional

A emissão do papel-moeda também é uma responsabilidade do Banco Central. Só ele é autorizado pelas emissões da nossa moeda. Mas, a fabricação do dinheiro é realizada pela Casa da Moeda do Brasil.

A parceria entre o Banco Central e a Casa da Moeda do Brasil tem como objetivo assegurar que a moeda não seja falsificada, os custos envolvidos e as normas referentes à circulação do dinheiro.

Fiscalização do Sistema Financeiro

O Banco Central fiscaliza as instituições financeiras para que sigam todas as normas e regras estabelecidas. Esta fiscalização tem como objetivo o bom funcionamento destas instituições para que o sistema financeiro esteja sempre organizado, equilibrado, desenvolvido e capacitado.

Dessa forma, para que um banco possa atuar no mercado, ele deverá possuir a aprovação do BC. Havendo qualquer atividade ilícita o BC aplicará uma multa na instituição que não seguir as normas de funcionamento.

Negociações Internacionais

O Banco Central é responsável pela reservação de moeda estrangeira no Brasil. Esta reserva tem como objetivo assegurar o país em momentos de incertezas do mercado internacional.

O BC também é moderador das movimentações com base nos orçamentos públicos e na realização de leilões em benefício do Tesouro Nacional.

Mercado Cambial

O BC é responsável pelo gerenciamento dos ativos em moeda estrangeira, e isso sensibiliza os valores das taxas de câmbio realizadas no Brasil. E também sensibiliza o poder de compra de moedas estrangeiras e na performance das relações internacionais.

O Banco Central pode utilizar a qualquer hora as suas reservas internacionais para a realização de compras ou vendas de dólares no mercado que pode ser à vista ou a prazo para lidar com especulações ou adversidades em relação a nossa moeda. Essa ação é realizada para conter as variações que podem causar alterações sobre a inflação.

Quais os principais serviços do Banco Central?

O Banco Central disponibiliza alguns serviços que são muito importantes como fonte de informações sobre finanças. Vamos conhecê los:

Cotação de outras moedas

No site do Banco Central é possível acompanhar em tempo real a cotação e a taxa de câmbio referente às várias moedas. Também é possível utilizar o conversor de moedas e acessar boletins informativos sobre moedas estrangeiras.

Portal do Cidadão

No site do BC existe uma opção de “Portal do Cidadão”, onde são reunidas várias informações sobre o sistema financeiro e da economia. Qualquer pessoa pode visualizar quais os juros estabelecidos pelas instituições financeiras, calculadora do cidadão, cadastro de crédito não quitados do servidor público etc.

Instituições Fiscalizadas

Também é possível analisar todas as informações sobre as instituições financeiras fiscalizadas pelo BC, que podem ser manuais, certidão negativa de administração de instituição em liquidação, comparação de tarifas dos bancos, crédito pessoal, layout de documentos, cadastro de clientes no sistema financeiro, consultas públicas etc.

Serviços de Mercado

O BC também disponibiliza serviços de mercado que possibilitam o acompanhamento dos indicadores econômicos, evolução da taxa Selic, demonstrações contábeis, capitais brasileiros no exterior etc.

Insights finais

O Banco Central é importante para assegurar o funcionamento da nossa economia. E também é uma ponte entre a nossa economia e a economia de outros países.

Ele possui informações relevantes para o investidor que realiza negociações na Bolsa de Valores, sendo primordial para indicar se os investimentos podem ser afetados de alguma maneira. Também é importante para a fiscalização das corretoras e de outros bancos para assegurar o cumprimento das normas e regras.

Também podemos encontrar várias informações sobre a economia, taxas de juros e taxas de câmbio realizadas em nosso país. O investidor poderá acessar essas informações no site oficial do BC.

Para o sucesso de todo investidor é necessário ter conhecimento de todas as informações sobre a economia nacional e internacional. Sendo assim, aproveite todas as informações disponíveis no site do Banco Central.

🏆➜ Avalie nosso conteúdo:

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar!

Guru

Um Guru no mercado financeiro é aquele que sempre quer aprender a investir melhor...

Guru APP