Guru Hub
Glossário do Investidor - Termos de Investimento

Candlestick

Candlestick ou gráfico de velas, teve origem no século XVIII no Japão, quando a grande riqueza do país era o arroz. Na negociação do arroz era utilizada as analises técnicas sobre as variações de preço, e foi nesse processo que surgiu o gráfico Candlestick.

Depois disso, no século XIX, um americano chamado Steve Nison descobriu que está técnica poderia ser utilizada em outros ativos (contratos futuros e ações).

Resumindo, candlestick é um gráfico de ações que ajuda a analisar o mercado. O candlestick é um gráfico com formato retangular e vertical, identificando os valores de abertura e fechamento de um determinado ativo do mercado financeiro. Nas extremidades do gráfico, se formam linhas que ultrapassam a figura e apontam quais os valores máximos (acima do retângulo) e valores mínimos (abaixo do retângulo).

Também é possível analisar alguns fatores em um determinado período de tempo (minutos, horas e dias).

Quais são os elementos do candlestick

Para que um investidor possa entender como funciona os gráficos de candlestick, é necessário analisar alguns elementos dos gráficos:

  • Período – o investidor pode selecionar um período para sua analise, basta verificar cada vela ou candle, que indicarão o que aconteceu com o valor de uma ação durante o período de tempo escolhido. A escolha do tempo, dependerá das estratégias de cada investidor.
  • Formato – no formato de candle se pode analisar como ocorre a movimentação dos valores que uma ação atingiu durante um período de tempo determinado. Podemos analisar os valores de abertura e fechamento (corpo do candle), e, valores máximos e mínimos (sombra do candle).
  • Cor – as cores verdes significam se no fechamento o valor foi acima da abertura. As cores vermelhas indicam os períodos de queda.

Como identificar os padrões no gráfico

Vamos identificar os padrões de baixa e alta dentro dos gráficos de Candlestick:

  • Bull Market (Alta) – Quando se analisa um conjunto de no mínimo 20 candles, são identificados os períodos que ocorreram alta do mercado, assim, indicando valorização.
  • Flat (Lateralização) – quando ocorre uma lateralidade, indica que o mercado está sem definição.
  • Bear Market (Queda) – quando ocorre uma variação negativa dos preços em um determinado período.

Insights finais

Analisar os gráficos de candles é uma boa estratégia para os investidores que almejam lucros com especulação na bolsa de valores. Mas, é necessário um bom estudo dos gráficos para não tomar decisões errôneas.

Os gráficos são eficientes para a tomada de decisões, mas, os investidores precisam estar cientes que há outros fatores para serem analisados, para o sucesso nos investimentos.

🏆➜ Avalie nosso conteúdo:

Média da classificação 4.8 / 5. Número de votos: 4

Seja o primeiro a avaliar!

Guru

Um Guru no mercado financeiro é aquele que sempre quer aprender a investir melhor...

Guru APP