Guru Hub
Glossário do Investidor - Termos de Investimento

Commodities

Commodities ou Commodity significa “mercadoria”, ou seja, são produtos de matéria bruta para a fabricação de outros produtos com produção em grande quantidade e que podem ser estocadas sem perder a qualidade como o café, soja, petróleo, milho, trigo, madeira, gás natural etc.

As commodities são muito importantes no mercado internacional e com alto nível de negociação. Elas são segmentadas em diferentes categorias, como minerais, agrícolas, financeiras e energéticas.

As commodities estão submetidas à lei das ofertas e da procura, ou seja, quanto maior for a produção de uma commoditie, menor será o seu valor. Mas, quanto maior for a procura por ela, maior serão os valores no mercado internacional, e isso influencia de forma direta as relações de comércio exterior. Sendo assim, as commodities não possuem um valor fixo, elas acompanham a procura e a oferta global.

Quais os tipos de Commodities?

As commodities são divididas em quatro categorias, vamos conhecê-las:

Agrícolas

As commodities agrícolas são compostas por produtos do agronegócio como milho, soja, trigo, boi gordo, algodão, laranja e açúcar.

Minerais

Esse tipo de commoditie está relacionada aos metais e minerais como ouro, ferro, prata, alumínio, níquel, minério, ferro e minério de ferro.

Energéticas

Essas commodities são relacionadas a produtos que produzem energia como gás natural, petróleo, carvão e eletricidade.

Financeiras

Estas commodities são relacionadas com produtos financeiros como real, dólar, euro e títulos públicos.

Como investir em commodities?

Há duas maneiras de investimentos em commodities, uma é diretamente com a compra dos ativos físicos como o café, açúcar, milho etc. A outra é participando do mercado financeiro com negociações na Bolsa de Valores e através de uma instituição financeira com a compra de ações de empresas que produzem commodities, ETFs ou contratos futuros.

No site da B3 o investidor poderá encontrar todos os contratos que são negociados em commodities. E também o ICB ( Índice de Commodities Brasil) que é utilizado como benchmark para as negociações com base em commodities. Esse índice é utilizado para que o investidor possa comparar a desenvoltura de seus investimentos com base nos retornos totais deste tipo de negociação.

Quais as vantagens de investir em commodities?

A diversificação da carteira de investimentos é uma das vantagens das negociações em commodities. Outra vantagem é a durabilidade das commodities, que podem ser conservadas e bem estocadas sem comprometer a qualidade do produto.

Outro ponto a ser destacado é que as commodities são negociadas em um nível global pois possuem produtos indispensáveis para o desenvolvimento dos países e para a sobrevivência de toda a população. Esse grande volume de negociação possibilita boas rentabilidades para o investidor.

A alavancagem também é uma vantagem deste modelo de investimento por ser possível negociar grandes volumes somente com uma margem de garantia, ou seja, sem ter todo o valor disponível. Mas, vale lembrar que a alavancagem aumenta os riscos envolvidos, sendo importante salientar que esta estratégia deve ser realizada por investidores muito experientes.

Quais as desvantagens de investir em commodities?

Uma desvantagem das commodities é enfrentar as variações do clima nas regiões onde são produzidas, e isso pode desencadear as oscilações dos preços podendo causar riscos aos investidores.

O investidor também precisa levar em conta os valores no mercado global, as variações cambiais, o ritmo das exportações e até mesmo os acontecimentos políticos.

Também tem a questão da liquidez não ser tão alta em comparação com as negociações em ações.

Insights finais

As commodities são uma boa opção para o investidor que deseja diversificar a sua carteira de investimentos. Mas, tudo irá depender de quais os objetivos e estratégias do investidor.

Mas, como todo investimento possui seus riscos e o investidor precisará acompanhar de perto o mercado financeiro mundialmente. O conhecimento deve ser constante para que o investidor desenvolva cada vez mais a sua experiência.

O investidor também precisará ficar atento a todos os fatores que podem impactar as commodities como o clima, fatores políticos, taxas cambiais etc. O mundo dos investimentos requer muita atenção e cautela ou os prejuízos podem ser altos.

🏆➜ Avalie nosso conteúdo:

Média da classificação 3.3 / 5. Número de votos: 3

Seja o primeiro a avaliar!

Guru

Um Guru no mercado financeiro é aquele que sempre quer aprender a investir melhor...

Guru APP