Guru Hub
Glossário do Investidor - Termos de Investimento

Fundo DI – O que é, significado e definição

O fundo DI é um fundo referenciado. Os fundos referenciados compartilham um indicador singular, chamado de benchmark.

É nessa classe que se adequam os referenciados DI, que caminham junto à Selic (taxa básica de juros) ou dos títulos indexados ao CDI (Certificado de Depósito Interbancário).

No Fundo DI a sua estrutura é formada normalmente por títulos públicos do Tesouro Direto indexados à Selic ou em títulos privados que possuem menores riscos.

O CDI como acompanha a taxa Selic é um indicador usado como benchmark para analisar a rentabilidade do fundo DI. O Fundo DI tem como objetivo o acompanhamento das alterações do CDI.

Os Fundos DI não possuem a proteção do FGC (Fundo Garantidor de Crédito), mas este tipo de investimento é considerado de baixo risco.

Qual o perfil do investidor de Fundos DI?

Os Fundos DI são considerados um dos investimentos mais seguros da renda fixa. Assim, sendo uma forte opção de proteção do capital e por oferecer uma rentabilidade acima da poupança por estar acompanhando a Selic.

Este tipo de investimento é indicado para o investidor conservador, que busca opções de investimentos com boa rentabilidade acima da poupança ou de um CDB, com segurança e sem correr grandes riscos.

Também é um investimento interessante para aqueles que querem diversificar a sua carteira de investimentos.

Mas, para que o investidor faça uma boa escolha, ele deverá escolher um Fundo DI de qualidade, que possua uma taxa de administração baixa e que sua performance seja igual ou acima do CDI.

Essa escolha também dependerá de quais são os objetivos financeiros do investidor.

Como é a rentabilidade do Fundo DI?

Geralmente os fundos DI são constituídos por títulos pós-fixados do Tesouro Direto, que acompanham a taxa Selic ou a de um crédito privado, cujo a performance dependerá do comportamento do CDI.

O principal objetivo dos fundos DI é se igualar ou superar 100% do CDI. A rentabilidade irá repercutir com base na variação da Selic. Também é importante ressaltar que o fundo DI tem liquidez diária.

A liquidez diária é bem vantajosa para o investidor por ser de fácil retirada em casos de urgências financeiras.

Quais as vantagens do Fundo DI?

Vamos conhecer as vantagens do fundo DI:

  • Baixo risco de perdas financeiras;
  • Liquidez diária que pode chegar a 100% do CDI;
  • Aplicação inicial baixa;
  • Investimento seguro;
  • Ideal para a diversificação da carteira;
  • Pode ser utilizado como uma reserva de emergência;
  • Sem carência para resgatar o valor aplicado.

Quais as desvantagens do Fundo DI?

As desvantagens dos fundos DI não são muitas por ser um investimento de baixo risco. Vamos conhecê-las:

  • Não possui garantia do FGC (Fundo Garantidor de Crédito);
  • As taxas de administração podem ser altas.

O Fundo DI possui tributação?

No resgate do valor aplicado haverá descontos com a tributação. E se o investimento for resgatado antes de 30 dias será cobrado o IOF (Imposto sobre Operação Financeira).

Imposto de Renda

Para os ativos que possuem curto prazo haverá duas possibilidades de alíquotas:

  • 22,5% – até 180 dias de aplicação;
  • 20% – acima de 180 dias de aplicação.

Já os ativos que possuem longo prazo, as alíquotas são estabelecidas com base na tabela regressiva:

  • 22,5% – até 180 dias de aplicação;
  • 20% – de 181 a 360 dias de aplicação;
  • 17,5 – de 361 a 720 dias de aplicação;
  • 15% – acima de 720 dias de aplicação.

Quanto mais o investidor manter seu investimento menor será a tributação cobrada.

Come-cotas

O come-cotas se refere a um adiantamento do imposto de renda que ocorre duas vezes no ano.

Quando o investidor resgatar seu investimento, será descontado o IR que já foi pago no come-cotas.

Alíquotas fixas do come-cota:

  • 20% – fundos de curto prazo;
  • 15% – fundos de longo prazo.

Insights finais

O Fundo DI é uma ótima opção de investimento em renda fixa com possibilidades de alta liquidez e uma boa maneira de diversificação da carteira com um baixo risco.

Para os investidores conservadores que não querem enfrentar grandes riscos, os fundos DI são ideais.

Para os investidores mais arrojados talvez seja uma boa opção de diversificação de seus investimentos. Mas, esse perfil de investidor prefere enfrentar altos riscos na renda variável com o objetivo de obter bons lucros em um curto prazo.

Mas, para o sucesso do investidor, ele precisará entender como funciona o investimento escolhido, quais seus custos e se possuem relação com seus objetivos financeiros.

🏆➜ Avalie nosso conteúdo:

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar!

Guru

Um Guru no mercado financeiro é aquele que sempre quer aprender a investir melhor...

Carteira Inteligente de Investimentos
Carteira Inteligente de Investimentos