Guru Hub
Glossário do Investidor - Termos de Investimento

Gráfico Renko

O gráfico Renko foi criado pelos japoneses para indicar as variações dos preços de um ativo em um determinado período de tempo. O nome do gráfico foi dado com base na palavra japonesa “renga” que significa tijolos, pois o gráfico lembra uma sucessão de tijolos.

Cada tijolo no gráfico equivale a uma movimentação do preço que é determinada pelo investidor. Sendo assim, a formação dos tijolos é realizada quando o preço de um ativo movimenta-se consideravelmente em uma direção para ocultar o número de pips (unidade básica que mede as variações de preço).

Como funciona o gráfico Renko?

A utilização do gráfico Renko é muito simples e o primeiro passo é estabelecer o número de pips por tijolo. A estruturação dos tijolos no gráfico irá depender de quando o ativo alcançar uma variação estabelecida com base na máxima ou mínima dos tijolos anteriores. Já em casos onde o ativo anda de lado não haverá nenhuma geração de caixas.

Dessa maneira, quando o ativo estiver alta ou em queda o investidor poderá realizar uma configuração no tamanho dos tijolos para que a estruturação de um novo tijolo aconteça.

Exemplo:

Um investidor configura para que um tijolo seja estruturado quando ocorrer uma variação de R$ 0,60 no ativo, assim, quando o ativo subir para R$ 0,60 em comparação ao último tijolo, um novo tijolo será estruturado.

No gráfico Renko todos os tijolos possuem a mesma dimensão e são posicionados em um ângulo de 45 graus para cima ou para baixo com base no tijolo anterior. E apresentam duas cores diferentes nos tijolos. Uma cor irá caracterizar o preço antecessor e a outra cor irá caracterizar o preço procedente, e essas cores irão depender da plataforma utilizada.

Geralmente no gráfico Renko o investidor utiliza o preço de fechamento a partir do período estabelecido para uma melhor compreensão do gráfico. Também podemos utilizar os filtros dos ruídos para escapar dos buracos no gráfico, assim, ajudando os investidores a entender o ativo de forma mais clara para identificar se há uma tendência ou não.

Quais as vantagens e desvantagens do gráfico Renko?

O gráfico Renko possui boas vantagens para a análise de um ativo e favorece o investidor em suas tomadas de decisões. Vamos conhecê-las:

  • Simples de compreender;
  • Possui filtros para a retirada de ruídos que confundem a análise dos investidores;
  • Identificação das tendências importantes de preços;
  • Filtra os movimentos menores de preços.

O gráfico Renko também possui algumas desvantagens para os investidores, vamos conhecê-las:

  • Algumas informações podem ser perdidas na construção dos tijolos;
  • É mais indicados para traders que buscam lucro com as tendências em curto prazo;
  • É necessário tempo para acompanhar todas as movimentações do gráfico;
  • Os tijolos não possuem muitos detalhes em comparação com os candlesticks.

Insights finais

O gráfico Renko é muito utilizado por traders que possuem metas específicas no curto prazo. Para os investidores que desejam uma análise mais detalhada de um ativo, o gráfico de candlestick é mais indicado para as negociações na Bolsa de Valores.

É claro que essas ferramentas necessitam de estudo para que a compreensão das informações sejam positivas, assim, o investidor poderá aplicar de forma assertiva as suas estratégias.

🏆➜ Avalie nosso conteúdo:

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar!

Guru

Um Guru no mercado financeiro é aquele que sempre quer aprender a investir melhor...

Guru APP