Guru Hub
Glossário do Investidor - Termos de Investimento

Índice Financeiro (IFNC) – O que é, significado e definição

O Índice Financeiro (IFNC) tem como objetivo mensurar a performance dos principais ativos dos setores de intermediários financeiros, previdência, seguros e serviços financeiros.

Esses ativos possuem as maiores negociações e representatividades na Bolsa de Valores do setor financeiro.

O IFNC refere-se a um índice de retorno total, sendo assim, indicando as oscilações dos valores dos ativos que o constituem e também a repercussão da distribuição de dividendos por meio das empresas que emitem essas ações.

Para os investidores este índice é essencial para acompanhar a movimentação das ações de empresas do setor financeiro e de seguros.

Como funciona o IFNC?

O IFNC é constituído por ações e Units especificamente de ações de empresas que estão listadas na Bolsa de Valores brasileira. Mas, para as empresas serem incluídas neste índice precisam obedecer alguns critérios como:

  • Ser dos setores intermediários financeiros, previdência, seguros e serviços financeiros diversos;
  • Fazer parte dos ativos que podem ser eleitos e que espaço de vigência das três últimas carteiras que estejam em ordem decrescente do IN (Índice de Negociabilidade), caracterizando em grupos de 99% da soma total desses indicadores;
  • Participar dos pregões em 95% no período de vigência das últimas três carteiras;
  • Não ser definido como ativo penny stock, ou seja, não possuir valor menor a 1 real.

As empresas que estão em recuperação judicial ou extrajudicial, em administração temporária, que estejam em listagem especial ou intervenção não podem ser adicionadas ao IFNC.

Quais ativos constituem o IFNC?

Para constituir o Índice Financeiro as empresas precisam seguir as regras estabelecidas como já foi comentado. Vale lembrar que as empresas compostas no IFNC são as mais negociadas do setor financeiro na Bolsa.

Vamos conhecer alguns ativos que compõem o índice:

  • B3SA3 – B3;
  • ABCB4 – Banco ABC;
  • ITUB3 e ITUB4 – Itaú Unibanco;
  • BBDC3 e BBDC4 – Banco Bradesco;
  • BPAC11 – Banco BTG Pactual;
  • BMGB4 – Banco BMG;
  • ITSA4 – Itaúsa;
  • SULA11 – Seguradora Sul América;
  • IRBR3 – IRB Brasil;
  • CIEL3 – Cielo.

É possível investir no IFNC?

Para aqueles investidores que desejam negociar no IFNC podem investir em um ETF (Exchange Traded Funds), que são fundos de ações com base no índice IFNC. O objetivo deste tipo de negociação é adquirir lucros parecidos com o índice em questão.

Os bens do ETF são divididos em cotas com negociações na Bolsa de Valores. E o seu preço terá como base as ações que constituem o fundo.

O ETF possui um gestor profissional que irá acompanhar o mercado e definir as melhores estratégias de compra ou venda com o objetivo de obter bons lucros. O FIND11 é a opção de ETF que acompanha o IFNC.

Este tipo de investimento é ideal para aqueles investidores que desejam realizar negociações com base no setor financeiro, mas que não possuem muito tempo para acompanhar seus investimentos.

Insights finais

Acompanhar os índices é um ponto essencial para qualquer investidor que deseja realizar negociações na renda variável. Mas, também é necessário saber interpretar estes índices para que uma estratégia correta seja formada.

O IFNC é um índice importante para aqueles que desejam negociar no setor financeiro, mas, é importante diversificar a sua carteira para equilibrar os riscos que podem surgir.

🏆➜ Avalie nosso conteúdo:

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar!

Guru

Um Guru no mercado financeiro é aquele que sempre quer aprender a investir melhor...

Carteira Inteligente de Investimentos
Carteira Inteligente de Investimentos