Guru Hub
Glossário do Investidor - Termos de Investimento

Liquidez

Liquidez é a capacidade com que um ativo financeiro pode ser transformado em dinheiro.

Quanto maior for a rentabilidade de um investimento, menor será sua liquidez e segurança.

Dois exemplos de liquidez:

Ações – são investimentos arriscados, mas possibilitam um retorno elevado, e a sua liquidez irá depender das oscilações do mercado e das estratégias utilizadas pelo investidor para a venda de seus ativos.

Poupança – a poupança tem liquidez imediata e não possui riscos.

A liquidez é diferente para cada investimento, assim como a rentabilidade e os riscos. O investidor precisa levar em conta se irá precisar do dinheiro antes do vencimento e escolher uma opção em que possa retirar o dinheiro a qualquer momento.

É interessante que o investidor tenha uma reserva de emergência, que equivale a mais ou menos seis meses dos seus gastos. E essa reserva deve está em um investimento de alta liquidez, para que o investidor possa resgatar seu dinheiro a qualquer momento.

O investidor também pode ter como estratégia investimentos a longo prazo, com meta em sua aposentadoria. Este tipo de investimento tem maior rentabilidade e menor liquidez. O investidor precisa levar em conta que neste tipo de investimento não é interessante resgatar antes do vencimento.

Quais os tipos de liquidez?

É importante que o investidor conheça quais os tipos de liquidez para que possa realizar a escolha correta na hora de investir.

Liquidez Imediata – um exemplo desta liquidez é a conta corrente que tenha fundos de investimentos D+0, ou seja, a liquidez é imediata e o dinheiro estará disponível no pedido de resgate.

Liquidez Diária – neste tipo de liquidez é interessante realizar a reserva de emergência através de um tesouro Selic. Na liquidez diária o prazo de resgate é de D+1 (um dia útil).

Liquidez no Vencimento – neste tipo de liquidez o dinheiro fica retido até a data de vencimento para garantir a rentabilidade. As opções de investimentos são os CDBs, LCAs e LCIs, que podem ser de curto, médio e longo prazo.

Liquidez Nula – este tipo de liquidez é para o investidor que não tem pressa para resgatar seus investimentos. Neste modelo não há uma previsão da disponibilidade do dinheiro. Um exemplo são os investimentos em imóveis em que o investidor estará dependente da situação do mercado, se o comprador terá interesse e da liberação do dinheiro que poderá demorar por meses ou até anos.

Insights finais

Entender o que é liquidez é primordial para o investidor iniciante, e assim, determinar qual a melhor estratégia a ser utilizada para a escolha de investimentos que se encaixem em seu perfil.

É a partir do entendimento do que é liquidez que o investidor poderá decidir qual decisão irá tomar, levando em conta de quando irá precisar do dinheiro aplicado. Ou o investidor pode diversificar sua carteira de investimentos com liquidez diária e liquidez no vencimento.

Mas, é muito importante lembrar de que todo investidor precisa possuir uma reserva de emergência em liquidez diária. A prevenção é essencial para que o investidor não passe por apertos financeiros que poderão surgir em algum momento.

🏆➜ Avalie nosso conteúdo:

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar!

Guru

Um Guru no mercado financeiro é aquele que sempre quer aprender a investir melhor...

Guru APP