Guru Hub
Glossário do Investidor - Termos de Investimento

Ponto de Pivot

Ponto de Pivot é um indicador técnico que ajuda a analisar as tendências de mercado e a antecipar o desempenho de ativos em um período estabelecido.

Os traders utilizam este indicador para prever o melhor cenário para compra e venda de ativos. Sendo muito indicado para os investidores que possuem um perfil agressivo, que estão dispostos a enfrentar grandes riscos para obter grandes lucros.

Este indicador é um método utilizado em todo o mundo, para indicar os níveis de pressão de compra e pressões de vendas de um valor, apesar do mercado.

Sendo assim, este indicador serve como um ponto de partida para a definição de uma tendência que pode ser de alta ou de baixa. Quando está em ruptura para baixa pode apontar uma venda, e se a ruptura for para a alta, aponta uma compra.

Mas, o ponto pivot pode variar bastante sendo mais indicado para as operações em curto prazo.

Ponto de Pivot

Como é realizado o cálculo do ponto de pivot?

O ponto de pivot é calculado uma vez ao dia para obter os seus níveis de suporte e resistência. O cálculo é bem simples e é constituído por uma informação base e três linhas de suporte e resistência. Seu resultado é apontado através de linha no gráfico.

Quando o pregão termina podemos estabelecer o ponto de pivot. Sendo assim, podemos realizar o cálculo com a média dos valores de fechamento, máxima e mínima do dia.

Fórmula:

P = (H + L +C)/3

P – Ponto Pivot
H – high (máxima)
L – low (mínima)
C – close (fechamento)

Obtendo esse valor podemos obter quais serão os níveis de suporte resistência R1, R2, R3 e S1, S2 e S3.

Os níveis mais significativos, que são os primeiros, são calculados com base na distância dos pontos de pivot e a máxima ou mínima do dia. A diferença entre os limites do dia anterior e o cálculo do ponto de pivot, subtraído ou somado do próprio indicador sucede nesta fórmula:

R1 = P + (P – L) = 2P – L

S1 = P – (H – P) =2P – H

A segunda dupla de suporte e resistência pode ser identificado utilizando a distância entre a máxima e mínima do dia somada ou subtraída do ponto de pivot:

R2 = P + (H-L)

S2 = P + (H – L)

A terceira dupla emprega o dobro da distância do pivô e dos limites do dia, H e L e a soma destes limites:

R3 = H + 2X(P – L) = R1 + (H – L)

S3 = L – 2X(H – P) = S1 – (H – L)

O indicador ponto de pivot também pode ser alterado como os outros indicadores. Podendo ser incluído o valor de abertura do dia (O) ou utilizar a soma do valor de fechamento duas vezes na média para dar mais força:

P = (O + H + L + C)/4 ou P = (H + L + C + C)/4

Ponto de Pivot

Reforçando, a análise do ponto de pivot é indicada para as operações futuras, pois seus cálculos são utilizados para obter as informações no período anterior e produzir números que vão influenciar os valores no dia seguinte.

Mas, é preciso entender que este indicador não leva em conta os fatores externos que podem impactar de forma direta um ativo. E também não antecipa tendências em casos de valorização ou desvalorização, assim, não identificando o que irá ocorrer.

Insights finais

Para aqueles investidores experientes a utilização do ponto pivot é uma maneira de analisar a tendência do mercado de forma rápida para realizar as negociações de compra ou venda na Bolsa de Valores no mesmo dia para obter rendimentos com maior lucratividade.

Mas, utilizar outros indicadores é essencial para definir as melhores estratégias. Também é importante conhecer o funcionamento dos gráficos para que o resultado seja assertivo.

O investidor também precisa analisar todos os dados do ativo em questão para definir melhor as suas operações. Depois destas análises, o investidor terá mais sucesso em seus investimentos.

🏆➜ Avalie nosso conteúdo:

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Seja o primeiro a avaliar!

Guru

Um Guru no mercado financeiro é aquele que sempre quer aprender a investir melhor...

Guru APP