Guru Hub
Glossário do Investidor - Termos de Investimento

Short

O termo Short é conhecido como uma estratégia para venda a descoberto ou operação vendida.

Essa estratégia representa os ganhos com a baixa das ações e obter bons lucros quando o ativo está em queda na Bolsa de Valores.

Mas, para que as estratégias sejam bem sucedidas, o investidor precisará realizar várias análises com base nas oscilações e nos tipos de ações em que pretende realizar seus investimentos.

O principal objetivo em short é vender um ativo por um valor específico com o objetivo de desvalorizações. Depois, ele comprará o mesmo ativo por um valor menor para garantir lucros.

Como manejar os riscos em short?

Manejar os riscos é essencial para todo o investidor que realiza as suas negociações em renda variável. O primeiro passo é estabelecer as suas estratégias, definir o objetivo de lucratividade e quais riscos estará disposto a correr.

No mundo da renda variável o investidor precisará entender que nem sempre as suas estratégias serão assertivas. Operar vendido é bem arriscado pois o ativo poderá subir em vez de cair.

Quando um ativo sobe o investidor tem a opção de obter as ações novamente, mas, ele pagará mais caro e terá perda financeira em sua carteira de investimentos. Por isso, é essencial o controle dos riscos em suas estratégias, assim, estando preparado para as possíveis situações que possam surgir.

Então, o investidor deverá planejar bem as suas estratégias com base nos valores de venda das ações. Ou seja, estabelecer uma meta de ganhos e de perdas em casos de mudanças do cenário financeiro.

Uma boa estratégia é que o lucro seja menor que o valor da venda e o limite de perdas seja maior que o valor das vendas.

Assim, o investidor terá um equilíbrio entre os lucros e perdas que dependerão das oscilações do mercado.

Entenda a margem de garantia em short

A margem de garantia é um percentual sobre o valor de um ativo. Ou seja, é um depósito com um valor que será utilizado para proteger as operações no mercado financeiro.

Com a margem de garantia o investidor poderá obter valores diferentes para as suas negociações em ações.

Também é possível que o investidor opere vendido sem possuir o valor total disponível em conta. Isso acontece porque a Bolsa de Valores exige que o investidor possua um valor disponível em conta.

O valor recolhido abrange no valor de cada ação multiplicado pela quantia de ações, mais o valor essencial para o início do investimento.

Este valor recolhido dará garantias para que o investidor possua recursos necessários para a compra das ações que foram vendidas e assim, finalizar as negociações.

Se ocorrer oscilações no mercado, a Bolsa de Valores poderá solicitar mais dinheiro. Então, o investidor precisará decidir se finaliza a sua posição ou se enviará mais dinheiro para a conta.

Qual a vantagem em operar short?

A principal vantagem em operar short é a probabilidade de adquirir lucros com a baixa dos valores das ações, assim, obtendo lucro com a distinção de valores.

Mas, para que as estratégias do investidor sejam assertivas, ele precisará entender muito bem o mercado, analisar informações e quais são as tendências dos ativos.

Quais as desvantagens em operar short?

O investidor precisa acompanhar de perto todas as informações e os gráficos referentes ao mercado, e isso pode se tornar complicado para alguns investidores que não contam com tanto tempo disponível.

Também é preciso levar em conta as oscilações no mercado que são cada vez mais constantes. Essas oscilações podem gerar perdas financeiras para o investidor.

Como realizar as operações em short?

Como já foi dito, o acompanhamento do mercado financeiro e sua interpretação das oscilações são primordiais para o investidor que deseja operar em short. Além, de entender quais as tendências dos ativos.

Alguns passos podem ser seguidos para o sucesso nos investimentos:

  • Não inicie seus investimentos com valores altos, pois o risco de perdas são equivalentes;
  • Saber utilizar o home broker e realizar a leitura dos gráficos de forma precisa;
  • Ter uma carteira diversificada trará equilíbrio para o investidor, assim, diminuindo as implicações financeiras que poderão surgir.

Insights finais

O investidor que deseja operar em short precisará ter suas estratégias bem definidas.

Este tipo de operação deve ser realizada por investidores que entendem bem o mercado e seu funcionamento, sendo assim, não é muito indicada para investidores iniciantes.

Além de entender bem as análises técnicas e compreender que os riscos são perigosos.

O conhecimento é primordial para o sucesso de qualquer investidor. Então, aprenda tudo relacionado ao mundo dos investimentos.

🏆➜ Avalie nosso conteúdo:

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar!

Guru

Um Guru no mercado financeiro é aquele que sempre quer aprender a investir melhor...

Guru APP