Guru Hub
Glossário do Investidor - Termos de Investimento

STOP

O Stop é uma ferramenta essencial para prevenir os riscos nas operações na Bolsa de Valores.

O Stop ajuda nas negociações dos ativos com o objetivo de proteger o investidor contra possíveis prejuízos e também utilizá-lo para as oportunidades que possam surgir.

Essa ferramenta é utilizada através do home broker da corretora escolhida pelo investidor. É através do Stop que o investidor poderá lançar uma ordem de compra ou de venda de um ativo automaticamente.

Para que as ordens sejam aplicadas, o investidor precisará definir quais os valores máximos e mínimos que deseja realizar nas operações.

O uso do Stop favorece aquele investidor que não possui tempo para acompanhar todas as variações de preços de um ativo na Bolsa de Valores. Ou seja, essa ferramenta utiliza as estratégias do investidor para garantir bons ganhos e evitar prejuízos.

Utilizar o Stop também é importante para evitar que o investidor haja pelo calor do momento e acabe realizando operações que irão gerar riscos.

Mas, como toda ferramenta, o investidor precisará entendê-la e utilizá-la de forma correta, ou terá prejuízos e também poderá perder oportunidades de ganhos.

Os investidores mais ativos geralmente utilizam estratégias de curto prazo e usam stops mais curtos, com 3% a 5%. Os investidores menos ativos geralmente utilizam estratégias de longo prazo e usam stops mais longos, de 10% a 15%.

Por mais que o investidor não possua muito tempo, ele precisará acompanhar as oscilações do mercado, mudando suas estratégias conforme o necessário.

Quais os tipos de Stop?

Vamos conhecer quais os tipos de stop:

Stop Loss

O Stop Loss é utilizado para evitar prejuízos acima do esperado, ou seja, utilizado na venda de um ativo quando sua perda máxima for atingida.

Exemplo:

Quando um investidor estabelece uma porcentagem para sua perda máxima de 3% do valor aplicado, se o valor de mercado estiver caindo, será realizada a venda do ativo automaticamente quando atingir os 3% estabelecidos pelo investidor.

Desse modo o investidor estará se prevenindo de possíveis quedas bruscas que podem ocorrer inesperadamente.

Stop Again

O Stop Again é o contrário do Stop Loss. Sua utilização tem o objetivo de estabelecer lucros conforme a estratégia do investidor.

O ativo só será vendido após alcançar lucros estabelecidos pelo investidor.

O investidor precisa aproveitar os cenários positivos para que o ativo não sofra desvalorização. Nem sempre um ativo ficará valorizado, o investidor precisará ficar atento a este detalhe.

Stop Móvel

O Stop Móvel é utilizado para aumentar a porcentagem do valor que foi definido. Essa opção é definida se o ativo em questão for valorizado além do estabelecido, assim, o lucro será potencializado. Então, se o valor do ativo sobe, o stop acompanhará esse valor para que a venda não seja realizada de imediato.

Stop de Compra

O Stop de Compra é utilizado para realizar uma compra automática de um ativo conforme o que foi estabelecido pelo investidor.

Quando o valor de um ativo fica mais caro referente ao seu valor inicial, a ferramenta a recompra antes de obter prejuízos maiores que o estabelecido pelo investidor.

Quais os cuidados ao utilizar o Stop?

Utilizar o Stop em seus investimentos é uma ótima opção para a segurança contra prejuízos financeiros.

Ajustar esta ferramenta nem sempre é uma tarefa fácil, mas, o investidor terá mais segurança ao utilizá-la.

Alguns investidores não utilizam o Stop por acharem que a ferramenta pode interferir em seus ganhos.

O investidor que pretende utilizar o Stop precisa ter muita atenção ao processo para estabelecer em quais porcentagens devem ser utilizadas, e ficar de olho nos horários programados para que a ferramenta seja executada de forma correta.

As ordens precisam ser estabelecidas no período do pregão da Bolsa de Valores. Quando essas ordens são estabelecidas em horários que a Bolsa de Valores não esteja funcionando, o investidor poderá ter suas ordens invalidadas, e assim obter possíveis riscos de perdas.

O investidor precisa entender que a ferramenta pode controlar possíveis prejuízos, mas, o investidor não estará livre de riscos que possam surgir.

Para que o Stop funcione de forma correta o investidor precisará ter suas estratégias bem estabelecidas e possuir conhecimento sobre o mercado e suas possíveis oscilações.

Quando o investidor observa o mercado atenciosamente será possível entender a hora correta para a realização dos investimentos e quais os métodos mais eficientes para obter sucesso em seus investimentos.

Insights finais

A utilização do Stop é uma peça fundamental para a segurança dos investimentos.

É claro que a ferramenta não protege 100% contra os possíveis riscos, mas, ele irá assegurar que o investidor não sofra grandes perdas financeiras.

Um ponto importantíssimo a ser destacado é a utilização correta da ferramenta. Quando o investidor não sabe configurar o seu stop de forma correta, poderá ocorrer perdas ou interferência nos ganhos.

Para que o investidor tenha êxito na utilização do Stop, ele precisará estudar muito bem como a ferramenta funciona. Além de entender muito bem o funcionamento do mercado e analisar bem em quais ativos pretende investir o seu dinheiro.

Quando o investidor entende todo o contexto que envolve a Bolsa de Valores, mais sucesso terá em seus investimentos.

🏆➜ Avalie nosso conteúdo:

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar!

Guru

Um Guru no mercado financeiro é aquele que sempre quer aprender a investir melhor...

Guru APP