Guru Hub
Glossário do Investidor - Termos de Investimento

Trava de baixa

A trava de baixa é uma operação de tendência, ou seja, formulada para uma alta brusca ou uma queda no valor de um ativo até uma data de vencimento. Esse tipo de processo é conhecido como operações estruturadas.

A principal meta deste tipo de operação é analisar o cenário do mercado e ter uma proteção maior e boa lucratividade nas negociações com base na baixa das cotações de ações.

Como funciona a trava de baixa?

A estruturação de uma trava de baixa se distribui conforme o tipo de derivativo que será usado.

Quando há uma trava de baixa com PUT, nesta opção é necessário comprar uma quantidade de PUT, e logo em seguida vender a mesma quantidade de PUT para um vencimento estabelecido. Neste caso, o strike do primeiro lote de Opções deverá ser mais alto que o strike do conjunto que foi vendido.

Sendo assim, a lucratividade acontece quando o valor do ativo fica abaixo do menor strike estabelecido para a operação.

Já na trava de baixa com CALL, o investidor realiza uma compra de uma quantidade de CALL por um strike mais alto e vende a mesma quantidade, mas com um strike mais baixo. Assim, a lucratividade acontece quando a cotação do ativo fica abaixo do menor strike.

Quando usar a trava de baixa?

A trava de baixa é utilizada para obter uma lucratividade quando um ativo está em queda na Bolsa de Valores. Então, esta trava é usada como um lançamento ou uma tendência para indicar uma desvalorização de um ativo. Estas travas são muito utilizadas por especuladores que enxergam boas possibilidades de lucros nestas operações.

Então, a trava de baixa é utilizada como forma de proteção e ao mesmo tempo para aproveitar as oscilações do mercado visando bons lucros. Mas, utilizar as travas requer experiência, pois o investidor irá enfrentar riscos consideráveis.

O investidor também precisa analisar se este tipo de estratégia está de acordo com seus objetivos e com o seu perfil de investidor. Entender todas essas questões é essencial para o sucesso dos investimentos.

Quais as vantagens e desvantagens da trava de baixa?

A trava de baixa é vantajosa para oferecer mais proteção na negociação na Bolsa de Valores. Sendo assim, o funcionamento destas travas atua de forma independente das oscilações do mercado ou dos preços das negociações, evitando maiores riscos.

Por isso que o investidor ou especulador deixa de ganhar mais com a realização direta de uma Opção de CALL. Pois, a trava irá determinar um valor de perda máxima, assim, protegendo o investidor contra grandes riscos.

Já a desvantagem é o investidor errar a configuração das travas e obter prejuízos com as oscilações do mercado.

Os investidores iniciantes também podem passar por riscos de perdas, pois não possuem muita experiência na utilização destas ferramentas. É muito importante entender o funcionamento destas travas, ou procurar ajuda de profissionais financeiros para que a configuração destas travas sejam aplicadas de forma correta.

Insights finais

A trava de baixa é utilizada para que o investidor possa lucrar com a queda dos preços de um ativo em um determinado vencimento. Essa estratégia causa uma limitação nos ganhos, mas também protege o investidor de perdas expressivas.

Mas, para que as travas sejam utilizadas de uma forma correta o investidor precisará entender muito bem o seu funcionamento e também saber analisar o mercado financeiro.

Quando o investidor erra o posicionamento destas travas as chances de perdas financeiras são gigantes. Sendo assim, o investidor precisa analisar se estes investimentos mais arriscados se enquadram em seu perfil de investidor e nos seus objetivos.

Às vezes, realizar as negociações com cautela é a melhor opção. O investidor também pode equilibrar a sua carteira de investimentos com a renda fixa e a renda variável. Tudo dependerá de quais são os seus objetivos para a aplicação das melhores estratégias.

🏆➜ Avalie nosso conteúdo:

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar!

Guru

Um Guru no mercado financeiro é aquele que sempre quer aprender a investir melhor...

Guru APP