Guru Hub
Guru Flow 28/08

GURU FLOW 31/07: bye bye julho

Saiba o que está movimentando os mercados

Por dentro..

Semaninha agitada essa que passou, não é mesmo? 

Tanto a cena interna, quanto externa foram carregadas de eventos e dados importantes que mexeram no desempenho do mercado ao redor do globo

Um dos principais eventos foi a reunião do Federal Reserve nos EUA, que anunciou um aumento de 0,75 p.p. da taxa de juros note-americana, para uma faixa entre 2,25% e 2,50%. 

O Ibovespa encerrou com uma forte alta de 4,3% aos 103 mil pontos (ouvi um amém?) e, lá fora, o cenário não foi diferente, com o S&P 500 registrando o melhor mês desde Novembro de 2020.

A alta do Ibov foi muito impulsionada pelas ações ordinárias e preferenciais da Petrobras (PETR3;PETR4), que subiram, respectivamente, 6,42% e 5,76% – após o anúncio do pagamento de megadividendos. 

O dólar, por sua vez,  fechou a semana com queda de -5,88% em relação ao real, a R$ 5,17.

Megadividendos da Petrobras 💸

Sem dúvida, uma das notícias que dominaram o mercado na semana foi sobre o pagamento dos megadividendos da Petrobras (PETR3; PETR4).

A estatal anunciou que pagará dividendos de R$ 6,73 por ação, em um volume total recorde de R$ 87,8 bilhões.

Desse total, R$ 32,1 bilhões da estatal ficarão com a União, que é a maior acionista da Petrobras. Com os R$ 17,7 bilhões distribuídos ao governo no primeiro trimestre, a União receberá R$ 49,8 bilhões em dividendos referentes aos seis primeiros meses de 2022.

Com a notícia, as operações dos papéis da Petrobras  chegaram a ser interrompidas em NY e na B3, entre 15h45 e 16h da quinta-feira. 

Os dividendos serão pagos em duas parcelas iguais nos meses de agosto e setembro, sendo R$ 6,73 por ação preferencial e ordinária em circulação.

Leia também ✔️  Guru Flow 10/07: Flerte entre Musk e Twitter finalmente chega ao fim

O que esperar para a próxima semana? 🗓

Sim, ele voltou. Aquele que é o mais temido de todos os anos: o (infinito) mês de agosto.

A primeira semana do mês também promete ser agitada ao redor do globo. No cenário internacional, o destaque será a divulgação de dados de mercado de trabalho nos EUA, incluindo a criação de empregos (payroll). 

O Banco Central da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) também tomará uma decisão sobre os  juros. De acordo com o consenso Refinitiv, a autoridade monetária deverá elevar a taxa pela sexta vez consecutiva, em 25 pontos base, para 1,5%.

🇧🇷 No Brasil, o principal evento econômico da semana será a decisão de juros pelo Comitê de Política Monetária do BCB, o Copom. A expectativa do mercado é que esse seja o último aumento do ciclo de alta de juros no país e que  a taxa Selic chegue a 13,75% a.a..

Lembrando que, caso o aumento seja confirmado, os juros no Brasil serão os maiores em cinco anos.

Além disso,  por aqui, a temporada de resultados do segundo trimestre de 2022 ganha fôlego, com diversas divulgações previstas ao longo da semana.

Fechamento semanal 📊

Fechamento semanal 25/07
Fechamento semanal 25/07

Sobe e dese da bolsa 📈

Maiores altas da semana Ibovespa 25/07
Maiores baixas da semana Ibovespa 25/07

🏆➜ Avalie nosso conteúdo:

Média da classificação 4.6 / 5. Número de votos: 11

Seja o primeiro a avaliar!

Guru

Um Guru no mercado financeiro é aquele que sempre quer aprender a investir melhor...

Guru APP