Guru Hub
Boletim Focus: Economistas aumentam expectativa para PIB e inflação em 2024

Boletim Focus: Economistas aumentam expectativa para PIB e inflação em 2024

Na última semana, a projeção para o IPCA deste ano teve um leve aumento, passando de 3,76% para 3,77%, ao passo que a previsão para a inflação em 2025 permaneceu inalterada em 3,51%. No que diz respeito ao Produto Interno Bruto (PIB) de 2024, a estimativa aponta para uma expansão de 1,78%.

Nesta semana, de acordo com informações divulgadas pelo Boletim Focus do Banco Central na terça-feira (12), houve um leve aumento nas projeções dos analistas para a inflação em 2024 e para o crescimento do PIB no mesmo ano. A pesquisa, que geralmente é divulgada às segundas-feiras, foi adiada para hoje devido às paralisações dos funcionários do BC.

No que se refere à inflação, a estimativa do IPCA para o ano corrente passou de 3,76% para 3,77% na semana. Quanto à inflação de 2025, manteve-se em 3,51% pelo segundo período consecutivo, e a projeção para 2026 permaneceu em 3,50%, mantendo o mesmo nível dos últimos 36 boletins Focus, indicando uma taxa de variação semelhante para 2027.

No cenário do Produto Interno Bruto (PIB), a mediana das projeções para 2024 avançou de uma expansão de 1,77% para 1,78%. Para 2025, a projeção continuou em 2,0% pela 13ª semana consecutiva, enquanto para 2026 permanece em 2,0% há 31 semanas e, para 2027, está em 2,0% há 33 semanas consecutivas.

No que tange à taxa básica de juros (Selic), o Boletim Focus não apresentou alterações em todo o horizonte da pesquisa. A estimativa para 2024 permaneceu em 9,00%, mantendo-se estável há 11 semanas. A previsão para 2025 permaneceu em 8,50%, e a projeção para 2026 também permaneceu em 8,50% há 32 semanas seguidas. A taxa esperada para 2027 também está inalterada em 8,50%.

Quanto às projeções para o câmbio, a mediana ficou estável em todo o horizonte, permanecendo em R$ 4,93 para 2024, R$ 5,00 para 2025, R$ 5,04 para 2026 e R$ 5,10 para 2027.

Em relação ao resultado primário, a projeção para 2024 piorou ligeiramente, passando de um déficit de -0,78% do PIB para -0,79% do PIB, enquanto a estimativa para 2025 permaneceu em -0,60% do PIB. Para 2026, a estimativa manteve-se em -0,50% do PIB, e para 2027, a previsão passou de -0,29% do PIB para -0,30% do PIB.

Quanto à dívida líquida do setor público, a projeção para 2024 passou de 63,74% do PIB para 63,64% do PIB. Para 2025, manteve-se em 66,50% do PIB, enquanto para 2026 caiu de 68,65% para 68,55%, e para 2027 permaneceu em 70,30% do PIB.

Finalmente, em relação à balança comercial brasileira, a projeção para 2024 avançou de US$ 80,98 bilhões para US$ 82 bilhões, e a estimativa para 2025 cresceu de um saldo positivo de US$ 72,05 bilhões para US$ 74,55 bilhões. As projeções para 2026 e 2027 permaneceram estáveis em US$ 77,80 bilhões e US$ 79,80 bilhões, respectivamente.

🏆➜ Avalie nosso conteúdo:

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar!

Guru

Um Guru no mercado financeiro é aquele que sempre quer aprender a investir melhor...

Carteira Inteligente de Investimentos
Carteira Inteligente de Investimentos