Guru Hub
IPCA aumenta 0,83% em fevereiro com destaque para o setor Educacional

IPCA aumenta 0,83% em fevereiro com destaque para o setor Educacional

Segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) registrou um aumento de 0,83% em fevereiro. Esse aumento foi impulsionado principalmente pelo setor da Educação.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) apresentou um aumento de 0,83% em fevereiro, em comparação com o mês anterior, quando registrou uma elevação de 0,42%.

Essa alta foi impulsionada principalmente pelo grupo Educação, que teve um aumento de 4,98% no mês, devido aos reajustes habituais observados no início do ano letivo.

Os cursos regulares foram os principais contribuintes para essa elevação, apresentando uma alta de 6,13%. As maiores variações nos preços foram observadas nos segmentos de Ensino Médio (8,51%), Ensino Fundamental (8,24%), Pré-escola (8,05%), Curso técnico (6,14%), e Creche (6,03%). Houve também aumento nos preços do ensino superior (3,81%) e da pós-graduação (2,76%).

Além da educação, outros seis grupos de um total de nove também registraram aumento nos preços, incluindo Comunicação (1,56%), Alimentação e bebidas (0,95%), Transportes (0,72%), Saúde e cuidados pessoais (0,65%), Habitação (0,27%), e Despesas pessoais (0,05%).

No que diz respeito à alimentação no domicílio, os preços subiram 1,12%, influenciados pelos aumentos nos preços da cebola (7,37%), batata-inglesa (6,79%), frutas (3,74%), arroz (3,69%), e leite longa vida (3,49%), atribuídos em parte às condições climáticas, como temperaturas mais altas e maior volume de chuvas.

Por outro lado, os segmentos de Vestuário e Artigos de residência apresentaram contração, com variações de -0,44% e -0,07%, respectivamente.

Apesar do aumento mensal, a inflação acumulada em 12 meses registrou uma leve queda em fevereiro, atingindo 4,50%, em comparação com os 4,51% registrados no mês anterior, ainda assim permanecendo no limite superior da meta estabelecida para 2024.

Para este ano, a meta de inflação é de 3%, com uma margem de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo. De acordo com o Boletim Focus, que reflete a percepção do mercado em relação aos indicadores econômicos, os analistas aumentaram suas projeções para a inflação de 2024, prevendo uma alta de 3,77%.

🏆➜ Avalie nosso conteúdo:

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar!

Guru

Um Guru no mercado financeiro é aquele que sempre quer aprender a investir melhor...

Carteira Inteligente de Investimentos
Carteira Inteligente de Investimentos