Guru Hub
FED

Fed anuncia redução de estímulos e vê inflação como “transitória”

Sinalizações repercutiram nas bolsas pelo mundo

O FED (Federal Reserve) resolveu hoje que reduzirá suas compras mensais de títulos já em novembro e tem planos de encerrá-las em 2022, mas manteve a opinião de que a inflação alta será “transitória” e provavelmente não exigirá um aumento rápido dos juros.

O banco central norte-americano apontou dificuldades globais de oferta como mais um risco à inflação, afirmando que esses fatores “devem ser transitórios”, mas que precisarão diminuir para garantir a esperada desaceleração da inflação.

“A inflação está elevada, refletindo em grande parte fatores que se espera sejam transitórios”, disse o comunicado. “Os desequilíbrios de oferta e demanda relacionados à pandemia e à reabertura da economia contribuíram para aumentos consideráveis ​​de preços em alguns setores.”

salientou o comitê do FED

Na prática, esse estímulo vem da compra até o momento de US$ 120 bilhões mensais em títulos (US$ 80 bilhões em Treasuries, títulos da dívida americana, e US$ 40 bilhões em bônus atrelados a hipotecas) e das taxas de juros muito próximas a zero, entre 0% e 0,25%, o que foi mantido.

“O Comitê julga que reduções semelhantes no ritmo de compras de ativos provavelmente serão apropriadas a cada mês, mas está preparado para ajustar o ritmo de compras se justificado por mudanças nas perspectivas econômicas”

ressaltaram

O Comitê também destacou que “a atividade econômica e o emprego continuam a se fortalecer”, e que vão utilizar a taxa de juros para conter a inflação interna, o que aferiram estarem andando conforme a necessidade.

A inflação medida pelo PCE, índice preferido do Fed, está o dobro da meta desde maio, mas as autoridades estão relutantes em mudar seu cenário para a política monetária até que esteja claro que o ritmo de aumentos de preços não irá enfraquecer sozinho.

Leia também ✔️  IPCA, IGP-M e Inflação: o que são e quais as diferenças entre eles?

Sinal do Fed anima bolsas

Ibovespa amplia ganhos mesmo que timidamente após decisão do Fed e expectativa com votação sobre precatórios e fecha o dia com leve alta de 0,34%. Já o dólar apresenta queda na variação diária.


Acompanhe as principais notícias de economia e bolsa de valores no Guru HUB.

🏆➜ Avalie nosso conteúdo:

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Seja o primeiro a avaliar!

Guru

Um Guru no mercado financeiro é aquele que sempre quer aprender a investir melhor...

Guru APP