Guru Hub
O que vai rolar nos mercados na semana?

O que vai rolar nos mercados na semana?

Todos atentos ao PIB americano, inflação interna e fala de Powell nesta semana. Confira!

A semana tem muita coisa a revelar: informações poderão dar pistas sobre o rumo dos juros, aqui e no exterior.

O mercado internacional está mais cauteloso com alguns assuntos na pauta de monitoramento, como o PIB americano do quarto trimestre, taxa de juros e crise política entre Rússia e Ucrânia. Já no ambiente interno, as atenções se voltam para a inflação e Orçamento 2022.

As bolsas asiáticas fecharam sem direção única, enquanto os futuros americanos operam mistos, com os investidores se preparando para a decisão do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) de confirmar que em breve começará a drenar parte da enxurrada de liquidez que vem sobrecarregando o mercado de ações nos últimos anos.

Já no mercado local, o mercado espera algo parecido com a semana passada, índices andando por conta própria, talvez na contramão dos índices americanos.

Expecativas nas commodities

Como dito, o mercado aposta no mesmo movimento da semana, mas é uma dúvida. Na semana passada elas tiveram um excelente desempenho, como minério de ferro e petróleo, em alta, o que beneficia ações de empresas exportadoras bastante representativas no Ibovespa, como Vale e Petrobras.

A alta das commodities tem sido um fator de otimismo na bolsa, com parte dos investidores migrando para papeis de empresas de varejo nesse cenário de bons ares. Elas ganharam força com expectativa de queda de inflação e dos juros futuros em períodos mais curtos.

IPCA-15 e PIB no foco da semana

Um indicador importante é a prévia de inflação de janeiro, medida pelo IPCA-15 (Índice de Preços ao Consumidor Amplo-15), que o IBGE divulga nesta quarta-feira, 26. Nesta segunda-feira, investidores e gestores vão conferir os novos dados de inflação estimados por economistas do mercado que serão conhecidos com a divulgação do boletim Focus.

Também na quarta-feira, o mercado deve acompanhar com atenção a entrevista coletiva de Jerome Powell, presidente do banco central americano, em busca de pistas sobre a condução da política monetária nos EUA.

Na quinta, 27, será conhecido o PIB do 4º trimestre, cuja expectativa do mercado é de um crescimento anualizado de 5,4%. Uma variação positiva acima do esperado vai reforçar a perspectiva de aperto monetário ainda mais acentuado e mais cedo. Expectativas de elevação de juros continuam deprimindo o mercado de ações local.

A intenção do presidente Jair Bolsonaro de incluir o ICMS em possível PEC (Proposta de Emenda Constitucional), em discussão com parlamentares, para reduzir o preço de combustíveis e de energia elétrica deve ser monitorada pelo mercado.

Leia também ✔️  Ibovespa fecha em alta de 1,26% e dólar cai para R$ 5,46; dia das commodities

Cenário Nacional

No Brasil, o presidente Jair Bolsonaro sancionou o Orçamento 2022. A decisão deverá ser publicada durante a manhã desta segunda-feira no Diário Oficial da União (DOU

De acordo com a Secretaria Geral da Presidência, o presidente decidiu vetar parte dos gastos aprovados no Orçamento para ajustar as verbas destinadas a despesas de pessoal e encargos sociais, sem especificar o valor. Com isso, o governo precisará pedir ao Congresso um acréscimo nessas despesas ao longo do ano.

Cenário Exterior

Reflexo da tensão Ucrânia e Rússia nos EUA

O mercado americano segue cauteloso e preocupado com o possível ataque russo à Ucrânia. Segundo informações do New York Times, o presidente Joe Biden estava considerando enviar milhares de tropas dos EUA para aliados da Otan na Europa, juntamente com navios de guerra e aeronaves.

Sobre o aumento da taxa de juros do país, uma pequena fatia do mercado especula pequena chance de o Fed aumentar suas taxas essa semana, mas a maior parte aposta no movimento em março. A perspectiva por custos de empréstimos mais altos e rendimentos de títulos mais atraentes vem afetando diretamente as ações de tecnologia, deixando o índice Nasdaq com queda de 12% no ano, enquanto o S&P soma baixa de quase 8%.

Além disso, a temporada de balanços segue em andamento. Espera-se que 20% das empresas que fazem parte da S&P 500 forneçam seus números trimestrais nesta semana.

Europa: PMI no radar

Hoje é dia de divulgação de dados referentes ao índice de gerente de compras (PMI, na sigla em inglês) de vários países e também da zona do euro. No bloco, o PMI caiu de 53,3 em dezembro para 52,4 em janeiro, atingindo o menor nível em 11 meses, segundo dados preliminares divulgados pela IHS Markit.

Ásia: bolsas sem rumo por causa do Fed

As bolsas da Ásia e do Pacífico fecharam sem direção única nesta segunda-feira, após uma semana de robustas perdas em Nova York e na expectativa para a decisão de política monetária do Fed.


O Ibovespa acumulou alta de mais de 6% nas últimas duas semanas, e fechou em 108.941.68 pontos. Vamos ver como o índice vai abrir nessa segunda e LEMBRANDO que amanhã, feriado de 25 de janeiro a bolsa de valores abre e opera normalmente.

#ligadonoguruhub

Baixe o Guru APP Bovespa para acompanhar o mercado, investir, ter tudo num lugar só e tomar as melhores decisões.

🏆➜ Avalie nosso conteúdo:

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar!

Guru

Um Guru no mercado financeiro é aquele que sempre quer aprender a investir melhor...

Guru APP