Guru Hub
Investindo em Fundos Imobiliários: três indicadores para você nunca esquecer

Investindo em Fundos Imobiliários: três indicadores para você nunca esquecer

Os fundos imobiliários são os queridinhos das pessoas investidoras que desejam conquistar a tão sonhada renda passiva, por conta dos seu pagamento de dividendos mensais. Quem não gosta de ver aquele dinheiro “cair” todo mês na conta, não é mesmo?

Entretanto, como qualquer investimento, investir em Fundos Imobiliários ou Fiis também demanda estudo e análise para não sair colocando o seu dinheiro em qualquer lugar. 

Por isso, separamos três indicadores que vão te ajudar a observar melhor suas opções de investimento em fundos imobiliários e, claro, expandir seu conhecimento no assunto.

Vacância do Imóvel

Para entender melhor este indicador, é importante se atentar ao significado dessa palavrinha esquisita. No mercado imobiliário, vacância significa a condição de algo, neste caso o imóvel, que encontra-se desocupado. 

Ou seja, quando você analisa a vacância, significa que você visualiza o período que o imóvel que faz parte do fundo encontra-se ocupado ou não.

Este indicador te ajuda a entender a qualidade do ativo. Por exemplo: se você compra cotas de um FII de Shoppings, mas que encontra-se vazio, sem aluguel, por longos períodos, então ele não gera tanta renda e talvez ele não seja um bom pagador de dividendos.

Na prática, quanto menor a taxa de vacância, melhor. Mas este é apenas um indicador, afinal, existem fatores econômicos que devem ser levados em consideração ao analisar o caso.

Taxa de administração e gestão

Todo fundo imobiliário é administrado por uma gestão vigente e, claro, que este trabalho precisa ser remunerado para garantir que o seu ativo tenha qualidade.

Esta remuneração acontece por meio de taxas que são cobradas sob cota dos seus fiis. A taxa é descontada antes do pagamento do seu rendimento.

Ou seja, é importante dobrar a sua atenção em relação a estas taxas para que os seus rendimentos não sejam afetados e o seu dinheiro investido não seja desvalorizado.

Dividend Yield

As duas palavrinhas que todo mundo gosta de ler quando o assunto é fundos imobiliários. Apesar de ser conhecido apenas em inglês, o termo significa rendimento dos dividendos e serve para analisar se rentabilidade do ativo (fii) é boa ou ruim comparado ao preço das suas cotas.

Leia também ✔️  Fundo de ações: O que é, como funciona e como investir?

Para descobrir isso basta somar todos os dividendos pagos nos últimos doze meses e dividir o valor pelo preço atual da quota do fundo. O número obtido deve ser multiplicado por 100 para descobrir a porcentagem de dividend yield anual do FII.

Lembrando que, apesar do DY ser um indicador que chama a atenção dos investidores não deve ser levado em consideração de maneira singular. A combinação dos indicadores forma uma importante ferramenta para você tomar decisões corretas no momento em que for aplicar o seu dinheiro.

Falando em ferramentas, no aplicativo da Guru você visualiza os principais indicadores dos seus Fundos de Investimento favoritos em apenas uma tela. Ou seja, você toma as suas decisões de negociação com mais agilidade, analisando dados em uma só tela.

Baixe agora, faça o seu cadastro e dê o primeiro passo em sua jornada financeira! 

🏆➜ Avalie nosso conteúdo:

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 4

Seja o primeiro a avaliar!

Guru

Um Guru no mercado financeiro é aquele que sempre quer aprender a investir melhor...

Guru APP